+351 262 824 654
+351 966 884 333

geral@livrariaalfarrabista.com
AUTORES
Adolfo Casais Monteiro
Adolfo Coelho
Afonso Correia
Afonso Duarte
Afonso Lopes Vieira
Agustina Bessa Luís
Al Berto
Alberto Bramão
Alberto de Lacerda
Alberto de Serpa
Alberto de Sousa
Alberto Ferreira
Alberto Pimenta
Alberto Pimentel
Albino Forjaz de Sampaio
Albino Lapa
Alexandre Herculano
Alexandre O´ Neill
Alfredo Gândara
Alfredo Lamas
Alfredo Mesquita
Alfredo Pimenta
Alice Vieira
Almeida Garrett, J. B. De
Alvaro Feijó
Alves Redol
Amália Rodrigues
Ana Hatherly
André Breton
Antero de Figueiredo
Antero de Quental
António Aleixo
António Aragão
António Barahona da Fonseca
António Botto
António de Cértima
António de Navarro
António dos Santos Rocha
António Feijó
António Feliciano de Castilho
António Ferro
António Gedeão ( Rómulo de Carvalho )
António José Forte
António Lobo Antunes
António Maria Lisboa
António Nobre
António Patrício
António Pedro
António Ramos Rosa
Antunes da Silva
Aquilino Ribeiro
Armando Ferreira
Armindo Rodrigues
Artur Anselmo
Augusto Abelaira
Augusto Gil
Augusto Reis Machado
Azinhal Abelho
Baltazar Estaço
Baptista Bastos
Bento Carqueja
Brandao de Brito
Branquinho da Fonseca ( António Madeira )
Cabral do Nascimento
Caldwell
Camilo Castelo Branco
Carlos de Oliveira
Carlos de Passos
Carlos Eurico da Costa
Carlos Ferrão
Carlos Selvagem
Castro Soromenho
Celestino Gomes
Cesário Verde
Chagas Franco
Costa Barreto
Cruzeiro Seixas
Cunha Leal
Daniel Filipe
David Mourão Ferreira
Dino Preti
Diogo Caminha
Diogo do Couto
Domingos Monteiro
E. M. de Melo e Castro
Eça de Queiroz
Eduardo de Noronha
Eduardo Gageiro
Eduardo Scarlatti
Elísero Pinto
Ernesto M. de Melo e Castro
Eugénio de Andrade
Eugénio de Castro
Faure da Rosa
Federico García Lorca
Fernanda Botelho
Fernanda de Castro
Fernando Guimarães
Fernando Lopes Graça
Fernando Namora
Fernando Pessoa
Ferreira de Castro
Florbela Espanca
Francisco de Sousa Neves
Francisco Rodrigues Lobo
Franco Nogueira
Gentil Marques
Gervásio Lima
Gervásio Lobato
Gomes de Brito
Graça Pina de Morais
Guedes de Amorim
Helder de Macedo
Helena Malheiro
Henrique Galvão
Herberto Helder
Hipólito Raposo
Irene Lisboa
J. V. Jorge
Jaime Cortesão
João Barreira
João Cesar Monteiro
João de Araújo Correia
João de Barros
João de Deus
João Gaspar Simões
João Miguel Fernandes Jorge
Joaquim Leitão
Joaquim Manuel Magalhães
Joaquim Paço D´Arcos
Joaquim Pessoa
Joaquim Vieira Natividade
Jorge de Sena
Jorge Guimarães
José Blanc de Portugal
José Cardoso Pires
José Carlos Ary dos Santos
José de Almada Negreiros
José Duro
José Ferreira Monte
José Gomes Ferreira
José Jorge Letria
José Loureiro Botas
José Luandino Vieira
José Malhoa
José Mascarenhas Pacheco Pereira Coelho de Mello
José Régio
José Rodrigues Migueis
José Saramago
José-Alberto Marques
Julieta Ferrão
Júlio Dantas
Julio de Castilho
Leonel Neves
Lourenço Chaves de Almeida
Luis de Sttau Monteiro
Luís Forjaz Trigueiros
Luís Varela Aldemira
Luís Veiga Leitão
Luiz de Figueiredo da Guerra
Luiz Pacheco
Luiza Neto Jorge
Magalhães Lima
Manuel Alegre
Manuel Bandeira
Manuel Breda Simões
Manuel da Fonseca
Manuel de Campos Pereira
Manuel de Sousa Pinto
Manuel Geraldo
Manuel Grangeio Crespo
Manuel Lima
Manuel Múrias
Manuel Pinheiro Chagas
Manuel Ribeiro
Manuel Vieira Natividade
Marcelo Caetano
Maria Alberta Menéres
Maria da Graça Azambuja
Maria Gabriela Llansol
Maria Lourdes de Castro
Maria Ondina Braga
Maria Teresa Horta
Mariano Calado
Mário Braga
Mário Cesariny de Vasconcelos
Mário Cláudio
Mário de Sá Carneiro
Mário Henrique Leiria
Mario Saa
Mário Soares
Máximo Lisboa
Miguel Esteves Cardoso
Miguel Torga
Natália Correia
Natércia Freire
Nuno de Montemor
Nuno Júdice
Orlando de Albuquerque
Paul Valery
Pedro Dias
Pedro Homem de Mello
Pedro Mayer Garção
Pedro Oom
Pedro Tamen
Pedro Vitorino, Dr.
Políbio Gomes dos Santos
Rafael Bordalo Pinheiro
Ramalho Ortigão
Raul Brandão
Raul de Carvalho
Raul Leal
Raul Lino
Raúl Perez
Raul Rêgo
Raul Tamagnini Barbosa
Reynaldo dos Santos
Ricardo Reis
Rocha Martins
Rogério de Freitas
Romeu Correia
Ruben A
Rui de Melo
Rui Knopfli
Ruy Belo
Ruy Cannas
Ruy Cinatti
Salette Tavares
Samuel Maia
Sebastião da Gama
Sidónio Muralha
Silva Tavares
Soeiro Pereira Gomes
Sophia de Mello Breyner Andresen
Sousa Costa
Taborda de Vasconcelos
Teixeira de Pascoaes
Teixeira de Sousa
Telo de Mascarenhas
Teófilo Braga
Thiago de Mello
Tomás da Fonseca
Tomaz Tavares de Sousa
Urbano Tavares Rodrigues
Valeriano de Campos
Vasco Graça Moura
Vergilio Correia
Vergilio Ferreira
Victor Palla
Victor Segalen
Virgílio Arruda
Virgílio Martinho
Vitor Serrão
Vitorino Nemésio
Wenceslau de Moraes
Y. K. Centeno
Livros pré 1900
Livros por página
(Ref. 19738)
Ano: 1839    1ª Edição
Lisboa; Tip. da Sociedade Propaganda dos Conhecimentos uteis; In-8º de 516(14) páginas; Encadernado

Primeira edição desta rara obra realizada por subscrição pública sendo que a sua lista consta nas últimas páginas. O prefácio do autor está datado de 27 de Fevereiro de 1833. Ilustrada com retrato de meio corpo do autor, que raramente acompanha os exemplares.
Inocêncio (IV, 330) não menciona esta edição de 1839: "José Ferreira Borges bacharel formado em Canones pela Universidade de Coimbra em 1805: Advogado na cidade do Porto, sua patria, desde 1808 até 1820; secretario da Junta da Companhia dos Vinhos do Alto-Douro em 1818; membro da Junta Provisional do Governo Supremo do Reino, proclamada em  1820; para cujos successos concorreu tão activamente como consta das suas biographias, e das revelações e memorias do seu consocio Xavier de Araujo; deputado ás côrtes constituintes em 1821; conselheiro de estado em 1823; emigrado em Londres desde Junho do mesmo anno até Fevereiro de 1827; e novamente em Fevereiro do anno seguinte até Septembro de 1833; supremo magistrado do commercio, e juiz presidente do Tribunal Commercial de Segunda Instancia; demittido de todos os cargos em 19 de Septembro de 1836. Nasceu no Porto em 1786, e aí moreu em 1838. Diccionario juridico-commercial. Lisboa, Typ. da Sociedade Propagadora dos Conhecimentos Uteis 1840. 8.º gr. Com o retrato do auctor. segunda edição. Porto, 1856. 4.º. Por occasião de annunciar esta publicação, diz a revista litteraria do Porto, Tomo V, pag. 185: esta obra, que sahiu posthuma, e fôra coordenada por seu illustre auctor conjunctamente com o codigo commercial, é de summo interesse não só para o jurisconsulto, mas para os commerciantes, e em geral para todo aquelle que pretenda ter noções exactas dos diversissimos pontos da jurisprudencia commercial, e ainda mesmo de muitos de economia politica, e de syntelologia, correlativa com aquella. Os diversos e numerosissimos artigos de que se compõe são escriptos com a clareza e simplicidade que distinguem as producções litterarias do auctor, e que caracterisam o seu estylo; e ainda que didacticamente redigidos não encerram menos o preciso para darem ao leitor uma cabal idéa do assumpto, enriquecendo-o com a legislação respectiva.”
Exemplar com sólida encadernação meia-inglesa ligeiramente cansada, em bom estado de conservação geral, miolo muito limpo e mantendo a sonoridade do papel. Possui carimbo de posse na folha de rosto.
Preço:
190€
(Ref. 19681)
Ano: 1783
Lisboa; Na Officina da Academia das Sciencias; In-8º de XXXII 223 (1) páginas; Encadernado

Inocêncio II, 404. "Mais conhecido pelo nome poetico de Candido Lusitano, que adoptou na Arcadia, da qual foi um dos primeiros e mais conspicuos membros. foi natural de lisboa, e n. a 3 de Janeiro (outros dizem de Septembro) de 1719. Depois de concluir os estudos de humanidades, que cursou parte nas aulas do Collegio de Sancto Antão, da Companhia de Jesus, e parte na casa de S. Caetano, dos Clerigos Theatinos, esteve durante alguns annos como familiar, ou gentil-homem em casa do Cardeal Patriarcha de Lisboa, D. Thomás D"almeida. movido de superior impulso, ou por ventura de algumas causas hoje ignoradas, resolveu-se a deixar o serviço d"aquelle prelado, e foi vestir a roupeta dos congregados de S. Filippe Nery na casa do Espirito Sancto de Lisboa. elle mesmo diz em uma sua obra inedita, que entrára na congregação em 1751, o que accusa inexactidão da parte de Barbosa, e de outros que têem indicado o anno de 1752 como o da entrada. achando-se na villa de Mafra foi atacado de paralysia, molestia de que faleceu a 5 de Julho de 1773, sendo enterrado no claustro do convento da mesma villa, a esse tempo occupado pelos Conegos Regentes de Sancto Agostinho."
Exemplar com encadernação coeva com danos de manuseamento e vestígios de xilófagos sem afectar a mancha tipográfica. Assinatura de posse rasurada na folha de rosto. Miolo em bom estado de conservação geral.
Preço:
60€
(Ref. 5318)
Ano: 1732    1ª Edição

... ao excelentissimo senhor D. Domingos Capecelatro, Marquez de Capecelatro, filho dos excelentíssimos Duques de Siano, do Conselho de Sua Majestade Catholica na sua Corte de Portugal.

Lisboa Occidental; Officina de Pedro Ferreira; In-8º de 20, (4), páginas; Encadernado


Obra muito rara.

Exemplar com danos na encadernação.

Preço:
250€
(Ref. 8036)
Ano: 1699    1ª Edição

...", Corte do Estado da India, & do Imperio Lusitano do Oriente, fundado pelo illustrissimo, e reverendissimo senhor Dom Fr. Aleixo de Menezes, Primaz das Hespanhas, & da India, Vice-Rey de Portugal, & Principe do Conselho do mesmo Reyno em a Corte de Madrid: Em que se referem os prodígios que ouve em sua erecção, as grandes contradições, trabalhos, & vexações que depois de fundado padecerão as Religiosas por espaço de trinta anos, até que forão obradas aquellas maravilhas (que admirão o mundo) pela Santíssima Imagem do Senhor Crucificado do Coro do mesmo Convento a favor de suas devotas, & perseguidas esposas: com as vidas das VV. Madres Fundadoras, & de outras as muitas Religiosas assinaladas em virtude: oferecida A´ Reverenda Madre Prioreza, & mais Religiosas do mesmo Convento de Santa Monica por Fr. Agostinho de Santa Maria Definidor Geral da Congregação dos Agostinhos Descalços de Portugal, natural de Estremoz"

Lisboa; Officina de Antonio Pedrozo Galram; In-8º de (10) 819 (1) páginas; Encadernado


Obra Rara e de grande importância para o estudo da religião e presença Portuguesa na India.

Exemplar com restauro já antigo na folha de rosto devido a pequena falta de papel, possui gravura com retrato de Frei. Agostinho de Santa Maria acrescentado antes da folha de rosto. Com magnífica encadernação com ferros a ouro na lombada. E muito bom estado de conservação, tanto a encadernação como o seu miolo.

Preço:
750€
(Ref. 15006)
Ano: 1843    1ª Edição
Porto; Typographia da Rua Formosa; In-4º de 2 volumes com 216 e 216(2) páginas; Ilustrado; Encadernado

Magnífica e muito rara obra sobre as Ordens Religiosas e Militares, profusamente ilustrada com gravuras coloridas dos costumes usados pelas respectivas ordens historiadas ou com retratos dos seus fundadores.
Segundo Inocêncio, a obra será da autoria de Manuel Ferreira de Seabra da Mota e Silva.
Exemplares com encadernações de amador com danos de manuseamento, colagens de desenhos e rótulos nas lombadas. Miolo com ocasionais manchas de acidez. Para folhas de guarda foram utilizadas as capas de brochura dos fascículos.
Preço:
675€
(Ref. 5626)
Ano: 1751

Lisboa; Officina de Francisco Ameno; In-8º de 22 páginas;Encadernado


"Disputa entre hum hebreo, e hum Christão."

Obra bastante invulgar.

Exemplar com mancha de água nas duas primeiras páginas, bom estado de conservação geral.

Preço:
275€
(Ref. 16153)
Ano: 1868    1ª Edição
Lisboa; Typographia da Academia Real das Sciencias; In-8º de 317(5) páginas; Brochado

"... apresentado a sua Excellencia o Ministro das Obras Publicas, Commercio e Industria em resposta aos quesitos do artigo 1º do decreto de 21 de Setembro de 1867"
Obra invulgar, de grande interesse para o estudo da flora em Portugal, com descrição dos vários tipos de solo das regiões do país.
Exemplar com picos de acidez nas capas de brochura, miolo em bom estado de conservação.
Preço:
60€
(Ref. 19275)
Ano: 1881    2ª Edição
Porto; Imprensa Real; In-8º de 468, XVI páginas; Encadernado

"...Acrescentada com muitos additamentos e noticias interessantes sobre a sua história por Manoel Rodrigues dos Santos... Noticia d´algum dos mais importantes acontecimentos do século presente, que supposto respeitam ao universo inteiro e a toda a nação Portuguesa, tambem Villa Nova de Gaya teve parte n´elles, como alli se verá: e conclue com o magnifico poemetto  do nosso insigne e talentoso Visconde d´Almeida Garret no qual este eximio poeta canta em verso rimado a legenda popular do sitio e castelo de Gaya, que é tambem um e o derradeiro dos attributos heráldicos, de que se compõem o glorioso brazão d´armas d´esta villa."
Obra acompanhada com cartão de oferta do Dr. Artur de Magalhães Basto e recorte de jornal com noticia sobre a obra.
Exemplar com sólida encadernação meia-inglesa. Miolo com ocasionais picos de acidez, mas muito limpo e mantendo a sonoridade do papel. Bom exemplar.
Preço:
180€
Anterior  1  2  3  4  5  6  7  8  9  10 | >> | Seguinte

 CARRINHO COM 8 ARTIGOS
Artigo
Preço€ 
SOLARES PORTUGUESES
85.00€ 
UM TÚMULO RENASCENÇA
22.00€ 
ALBUM DE ENSINO UNIVERSAL . livro d´instrucção popular
60.00€ 
O LIVRO DAS FLORES (legendas da vida da Rainha Santa)
45.00€ 
PORTUGAL. Recordações do Anno de 1842
90.00€ 
ARTE MONUMENTAL PORTUGUESA
65.00€ 
O INFERNO cantico primeiro da DIVINA COMEDIA
140.00€ 
REGRAS DE DESENHO para a delineação das plantas, perfis e perspectivas pertencentes á architectura m
250.00€ 
Valor dos artigos:
Número de artigos:
Custos de envio:
€ 
TOTAL DA ENCOMENDA:
€ 
NEWSLETTER
E-mail:
Se deseja receber no seu e-mail novidades sobre os nossos artigos, coloque o seu endereço de E-mail e clique em Subscrever

  Autorizo que o meu e-mail seja utilizado para o envio de informações comerciais(newsletter, lista de novidades,…)
O nosso website usa cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar, está a consentir a utilização de cookies      ENTENDI LER MAIS